“Só lembre-se de que, às vezes,o que você pensa de uma pessoa, não é o que ela realmente é.”

 John Green

“- Me ensina?
- O que?
- A te ignorar, como você me ignora.”

Caio Fernando Abreu.

A lei da vida é simples: quem não quis quando podia, não vai poder quando quiser.

“Quando estou chorando, lembro-me de todos os horrores da minha vida pra chorar mais ainda.”

Jhennifer Werneck (via encobertos)

“A vida é cheia de decepções, mas não deixe as decepções cheias de vida.”

“Preserve. Pessoas boas estão sendo extintas.”

Jardineiro.

“Me pergunte qualquer coisa! Mas não pare de falar comigo. E se o assunto acabar?! Então, quando o assunto acabar, pergunte se eu gosto de arroz! Assim eu saberei que você está tentando falar comigo, tentando me manter perto de você através das palavras.”

O Vento do Oeste.

“Só não venha reclamar do meu mal humor agora. Sempre fui um chato, folgado e incomodo. E olha, quando eu digo “sempre”, é sempre mesmo. Continuo sendo um enjoo, desde a gravidez da minha mãe.”

I can fix you.

“Eu não sou feito essa gente que ama e de repente tchau, e se acabou.”

Vinicius de Moraes.

“Antigamente tudo era mais feliz. Eu tinha pra onde correr quando meu mundo desabava, eu tinha onde me apoiar, eu tinha onde me sentir bem. Tudo mudou. A gente cresce, a gente vê as coisas indo e vindo, nos fazemos perguntas do tipo: “Por que isso está acontecendo comigo?”. Temos que encarar a vida, temos que seguir em frente, ir além. Qual a graça da vida, se você não quer viver? Vai chegar uma hora que você irá sofrer, e vão passar coisas inacreditáveis pela sua cabeça, mas você vai ver o quanto é inútil pensar assim, o quanto sua vida vale mais que tudo. E que sua felicidade, só depende de você.”

Percebeu. O injustificável?

“Fico mais distante de mim mesma a cada dia que passa. Cada vez me sinto mais fechada, como uma rocha, presa há tantos anos no mesmo lugar. Com vontades, todavia as mesmas presas, sólidas e esquecidas. Me sinto presa. Sem confiança. Com medo. Obsoleta. Ando tentando me entender, me descobrir, me aproximar do que realmente sou. Não obstante, parece que fui descartada, como uma carta de baralho. Sou antiquada e inadequada. Uma estranha parasita na sociedade.”

Escorregadia.

hefck